Brigadista: a importância de ter uma equipe na empresa

Brigadista: a importância de ter uma equipe na empresa

O brigadista é muito mais importante em uma operação do que se imagina. Eles necessitam de um treinamento específico e outras considerações. Confira!

Um brigadista  tem como objetivo prestar socorro em casos  de acidente no espaço de trabalho, isso significa que sua operação está restrita ao espaço onde está localizada a empresa.

Os funcionários que se disponibilizam para o treinamento passam a ser a brigada de incêndio da empresa, o que faz deles brigadistas.

Dessa forma, a função do brigadista é para que nenhuma área que foi atingida fique descoberta. Como por exemplo, um brigadista florestal, que tem a função de certificar que nenhuma área ficou exposta para não afetar as demais vegetações.

Em um treinamento de um brigadista, os voluntários recebem uma capacitação e como prevenir e combater incêndios, e dessa forma prestar os primeiro socorros, recebendo tratamento teórico e prático. Continue a leitura para entender.

Afinal, qual a importância de um brigadista?

O cuidado com a vida dos colaboradores de uma empresa é fundamental para segurança e harmonia na área de trabalho. Essa é uma das maiores importâncias de um brigadista.

Bem como a PPP e CIPA  as brigadas de incêndio, também pertencem à legislação. Porém, as regras de incêndio são responsabilidade dos Estados e por conta disso cada governo estadual determina uma lei com base nas regras locais determinadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas(ABNT) inclusive na Consolidação das Leis de Trabalho (CLT).

Esses profissionais são tão importantes para a segurança dos espaços que no dia 2 de julho, dia do brigadista,  é realizado  por instituições que necessitam de seu apoio. 

Para estarem preparados a auxiliar outros colaboradores da empresa, este time de voluntários do curso de brigadista ganham formação técnica especial e teórica sobre primeiros socorros.

Esta equipe brigadista de bombeiro também é responsável por verificar possíveis riscos no espaço de trabalho e também por mandar relatórios e pareceres, além de fiscalizar o estado de preservação dos equipamentos de segurança.   

Como é o treinamento de incêndio brigadista?

Para se tornar um membro da brigada de incêndio, os voluntários exercem várias práticas para que entendam melhor o que faz um brigadista em situações de emergência.

Trata- se de um curso de bombeiro brigadista. Esses exercícios são ordenados pelo corpo de bombeiro da localidade. Deste modo, o que precisa para poder se candidatar ao cargo são exigências mínimas como:

  • Alfabetizado;
  • Não dispor de problemas  de saúde e boa resistência física;
  • Entendimento sobre espaços internos da organização;
  • Estadia dentro do edifício durante seu turno no trabalho.

Entenda a diferença entre uma brigadista e bombeiro civil

Agora que você já sabe sobre o brigadista, o que é e o que um brigadista faz, os bombeiros, por sua vez, trabalham para a indústria de grandes empresas bem como órgãos públicos e grandes eventos como por exemplo show.

A verdade que se estabelece é uma simbólica diferença entre bombeiro civil e brigadista pois ao contrário do civil, atuam em outra profissão. O objetivo é combater incêndios e cuidar do resgate em altura, espaços confinados e prestar os primeiros socorros.

Na coordenação e situações de emergência e acidentes eles são responsáveis por comandar e encimar as operações dos brigadistas até a chegada do corpo de bombeiros, um momento que são os responsáveis por conhecer detalhadamente a planta da empresa.    

A diferença entre bombeiros e brigadistas se dá também pela carga horária. Ao mesmo tempo que o brigadista pode atuar de funções bem pontuais, tem a obrigação de fazer uma capacitação conforme a classificação. 

Além do grau de risco da companhia que opera e que alterna de acordo com a lei do corpo de bombeiro de cada estado. Isso pode ser, no mínimo, de 4 a 40 horas. Já o bombeiro civil com base na NBR 14608/2007 tem de realizar um curso de formação de no mínimo 210 horas.

A verdade é que ambos têm a missão de salvar vidas e evitar acidentes, por essa significância seja com curso de brigadista ou se formando em bombeiro civil, a qualidade das ações juntamente com bons equipamentos fará total diferença na emergência.