APH Resgate: Entenda como funciona

APH Resgate: Entenda como funciona

Muitos não sabem, mas na sigla APH, o significado abrange o atendimento pré-hospitalar. Sendo assim, o principal intuito deste artigo é esclarecer as suas dúvidas a respeito desse assunto. Portanto, entenda como funciona e quem realiza esse tipo de atendimento. 

Sendo assim, APH significado: Atendimento pré-hospitalar

O que significa APH Resgate?

Primeiramente esse termo está diretamente ligado ao atendimento à vítima antes de chegar ao hospital. No entanto, o socorro requer uma série de técnicas para realizar um atendimento bem sucedido. 

Esse tipo de atendimento é realizado na retirada de veículo APH, por profissionais da saúde e socorristas. Sendo assim, é necessário em casos que envolvem acidentes com veículos classificados como leves.

O APH resgate envolve casos como:

  • Colisões veiculares;
  • Colisões laterais;
  • Traseiras e frontais;
  • Projeção de corpos de adultos e crianças;

Além de demais situações.

Quem faz o atendimento de APH?

Primeiramente, APH resgate emergencial em trauma é feito por profissionais capacitados. Sendo assim, os profissionais da saúde devem realizar um curso para socorrista APH. Desse modo, estarão aptos a realizar o atendimento pré-hospitalar.

Geralmente as equipes de treinamento são feitas por profissionais do SAMU. Além disso, hospitais e outros setores da saúde realizam esse tipo de curso com as equipes de atendimento.  

Curso de APH resgate

O APH requer um conjunto de conhecimentos, assim, é necessário a capacitação. O socorrista ao decorrer do curso realiza estudo de técnicas para prestar socorro às vítimas de acidentes. 

Além disso, o estudo da cinemática de colisões é feito para que se aplique o protocolo de atendimento. Desse modo, seja qual for a situação, o APH resgate será aplicado da melhor forma evitando danos maiores às vítimas. 

Como funciona a retirada veicular?

A retirada de veículo APH necessita da aplicação de técnicas precisa de uma avaliação inicial. Essa, portanto, será feita com bases físicas vistas ao decorrer do curso pelo socorrista APH. 

Durante a avaliação, o socorrista deve manter o contato com a vítima e estabilizar a coluna cervical. A partir disso, uma série de avaliações rápidas deve ser feita como respiratória, avaliação de fraturas e outras. 

Desse modo, o profissional deve descobrir se algum atendimento de urgência deve ser feito na retirada de veículo APH. 

Na retirada da vítima, o cordão cervical deve ser aplicado na vítima e a retirada do veículo requer cuidados. Desse modo, a equipe deve remover o paciente por etapas mantendo a cervical estável. A remoção deve ser feita pela porta, onde um dos socorristas deve estar posto com a prancha. 

O mais importante de tudo é manter a prancha estável e evitar movimentos rápidos e bruscos. A retirada da vítima na prancha deve ser colocada diretamente na maca ou ambulância. No entanto, uma segunda avaliação deve ser feita de forma mais precisa. 

Desse modo, fica claro que o socorrista APH deve realizar o melhor atendimento possível para situações que comprometam a vida do acidente. No entanto, as avaliações e atendimento devem ser feitas no menor tempo possível.

O atendimento APH pode ser realizado também durante o transporte até o hospital.

Conheça a Resgatécnica,  um dos pioneiros na fabricação e venda de materiais de resgate e salvamento. Somos referência no padrão de fabricação mundial de qualidade.